Donald Trump decidiu esta sexta-feira recorrer ao Twitter para criticar a gestão da NASA, ao mesmo tempo que deixou em estupefação meio mundo ao escrever que a Lua faz parte de Marte.

"Para o dinheiro todo que estamos a gastar, a  NASA não devia estar a falar de ir à Lua - já o fizemos há cinquenta anos. Deviam estar concentrados em coisas muito maiores que estamos a fazer, incluindo Marte (do qual a Lua é uma parte), Defesa e Ciência.

Além da questão ao nível da astronomia, o presidente dos EUA foi surpreendente também porque criticou o regresso à Lua, ele que já tinha manifestado entusiasmo com outra visita ao satélite natural da Terra.

Jim Bridenstine, o administrador da NASA que foi indicado por Trump, já anunciou que os EUA têm planos para mandar astronautas à Lua em 2024. E no passado mês de outubro, assinala o jornal The Guardian, o vice-presidente Mike Pence disse que a Casa Branca estava determinada em voltar a levar americanos à Lua num futuro próximo.