O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu na quarta-feira a ideia de que os EUA e a União Europeia (UE) devem abolir tarifas, barreiras e subsídios nas trocas comerciais entre os dois países.

"A União Europeia está a chegar a Washington amanhã para negociar um acordo sobre o comércio. Eu tenho uma ideia para eles. Tanto os EUA como a UE devem deixar cair todas as tarifas, barreiras e subsídios! A isso chamar-se-ia finalmente mercado livre e comércio justo! Espero que o façam, nós estamos prontos - mas eles não o vão fazer!", escreveu o chefe de Estado norte-americano no Twitter.

A publicação surge antes de Donald Trump receber o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, que visita hoje os Estados Unidos, onde irá reunir-se com o Presidente norte-americano.

Na segunda-feira, um porta-voz da Comissão Europeia, Margaritis Schinas, considerou a reunião como uma ocasião para "desdramatizar" qualquer tensão comercial entre as duas partes.

As relações comerciais entre Bruxelas e Washington estão tensas, não só devido às taxas alfandegárias impostas pelos EUA às importações de aço e alumínio – e já retaliadas pelo bloco europeu –, mas também pela ameaça de Donald Trump de aplicar tarifas às importações de automóveis oriundas da UE, caso os representantes comunitários não negoceiem de “boa-fé” na visita à Casa Branca.