Donald Trump demitiu o diretor do FBI, James Comey, que conduzia uma investigação às eventuais relações entre a sua equipa de campanha nas eleições de 2016 e a Rússia, anunciou a Casa Branca.

Comey foi despedido do cargo depois das recomendações do procurador-geral Jeff Sessions, que afirma que o diretor do FBI deve ser alguém que segue as regras e os princípios do Departamento de Justiça.

Segundo uma carta divulgada pela Casa Branca, citada pela Reuters, o presidente dos EUA afirma que Comey "não consegue liderar efetivamente" e que é necessária uma nova liderança para restaurar a confiança.

“O FBI [polícia federal norte-americana] é uma das instituições mais respeitadas do nosso país e hoje marca um novo ponto de partida para a agência referência do nosso sistema judicial”, considerou Donald Trump num comunicado.

Em 2012, James Comey foi nomeado por Obama para o cargo de diretor.

A Casa Branca vai agora “imediatamente” trabalhar para nomear um novo diretor do FBI, cujo mandato tem a duração de 10 anos.