O presidente norte-americano, Donald Trump, demitiu, nesta quarta-feira, o secretário de Assuntos Veteranos, David Shulkin, na sequência de alguns escândalos, e indicou o médico da Casa Branca Ronny Jackson para o substituir no cargo.

É com satisfação que anuncio que pretendo nomear o respeitado almirante Ronny L. Jackson, médico, como o novo secretário de Assuntos de Veteranos", escreveu Donald Trump no Twitter.

 

Até que o Senado confirme a nomeação de Ronny L. Jackson, um alto funcionário do Pentágono, Robert Wilkie, administrará a secretaria interinamente, adiantou o presidente norte-americano.

Estou grato ao doutor David Shulkin pelo serviço prestado ao nosso país e aos nossos grandes veteranos", disse ainda Trump sobre o secretário que está de saída.

Shulkin, do Departamento de Veteranos, gerou manchetes quando aproveitou uma excursão oficial pela Europa para se aproximar do Reino Unido e assistir ao torneio de ténis de Wimbledon.

Nessa visita, Shulkin aceitou ingressos cujo valor excedia o limite estabelecido pelo governo norte-americano em relação a presentes a funcionários públicos e em setembro pressionou a Casa Branca para que sua esposa pudesse acompanhá-lo na abertura dos Jogos Invictus, realizados em Toronto.

Já o médico Ronny L. Jackson tornou-se conhecido durante a conferência de imprensa que deu em janeiro passado, depois de Trump se submeter a um exame, em que assegurou que Donald Trump tinha uma "saúde excelente”.