Donald Trump e Kim Jong-un voltaram a sentar-se lado a lado, esta quarta-feira, para um encontro presenciado pela imprensa, antes do jantar entre as duas comitivas. O curto encontro antecede um dia marcado por diversas reuniões de onde se espera que possam sair desenvolvimentos sobre a desnuclearização da península coreana. 

Foi pouco depois das 18:00 locais (11:00 em Portugal), que os líderes dos dois países se cumprimentaram. O encontro acontece nove meses depois do último que decorreu em Singapura. 

A Coreia do Norte tem um grande potencial económico", assegurou Donald Trump.

Donald Trump teceu vários elogios à Coreia do Norte, mas relembrou antes do encontro que "o futuro só poderá ser brilhante se a Coreia do Norte desnuclearizar". Kim Jong-un, por seu lado, garante que os dois líderes conseguiram ultrapassar as adversidades que afastaram os dois países nos últimos anos.

Fomos capazes de ultrapassar vários obstáculos e é por isso que estamos aqui", defendeu o líder da Coreia do Norte. 

O dia de hoje não deverá trazer muitos desenvolvimentos para os acordos bilaterais assinados em junho. As reuniões entre as duas comitivas estão marcadas para quinta-feira.  

Os dois líderes vão jantar no hotel, no centro de Hanói, onde a delegação norte-coreana tem pernoitado. Kim Jong-un chegou ao Vietnam na terça-feira depois de uma viagem de três dias de comboio.