O príncipe Harry e Meghan Markle anunciaram em outubro que vão ser pais pela primeira vez e, rapidamente, começaram as já típicas especulações e apostas sobre o bebé: qual o sexo, quando nasce e até o nome. E não só.

Com o nascimento previsto para a primavera, surgem agora as primeiras especulações sobre quem poderá, ou não, ser padrinho ou madrinha do primeiro filho dos duques de Sussex, sendo que é quase certo que o príncipe William e a mulher, Kate Middleton, fiquem de fora das escolhas, tal como Harry ficou quando os duques de Cambridge tiveram de escolher quem iria apadrinhar George, Charlotte e Louis.

Isto porque, de acordo com especialistas na família real citados pela imprensa britânica, o facto de Harry ser tio dos filhos dos duques de Cambridge faz com que ele tenha, naturalmente, um papel importante na vida dos sobrinhos.

Por essa mesma razão, é pouco provável que Kate e William façam parte da lista de escolhidos para apadrinharem o primeiro filho de Harry. 

Os duques de Sussex casaram a 19 de maio, em Windsor, após um ano de namoro.