O príncipe Harry falou pela primeira vez das tensões com o seu irmão, o príncipe William, e afirmou que os dois estão a seguir “caminhos diferentes”. As declarações de Harry foram dadas numa entrevista que faz parte de um documentário do canal ITV e que foi exibido este domingo. Meghan também fez várias revelações, tendo, por exemplo, afirmado que, antes do casamento, foi avisada que os tabloides iam “destruir” a sua vida.

Questionado pelo jornalista Tom Bradby sobre as notícias da imprensa cor de rosa que dão conta de zangas entre ele e o irmão, o príncipe Harry respondeu que quando uma família “está sob pressão”, “inevitavelmente coisas acontecem”.

Esta família, estar sob esta pressão, inevitavelmente coisas acontecem. Mas nós somos irmãos. Seremos sempre irmãos.”

Harry frisou que ele e o irmão estão a seguir “caminhos diferentes” e que não se veem muito, mas que têm “dias bons e dias maus” como todos os irmãos. A maior parte das coisas que surge na imprensa é "criada do nada", referiu.

Neste momento, estamos certamente em caminhos diferentes, mas eu estarei sempre aqui para ele e sei que ele estará sempre lá para mim. Não nos vemos como era costume vermo-nos porque estamos muito ocupados. Mas eu gosto muito dele e a maior parte das notícias é criada do nada. Como irmãos, temos dias bons e dias maus.”

Os tabloides britânicos noticiaram não só uma zanga entre os irmãos, como também atritos entre as cunhadas, a Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, e a Duquesa de Sussex, Meghan Markle. Segundo a imprensa cor de rosa, estas brigas foram a razão pela qual Harry e Meghan saíram do Palácio de Kensington, em maio.

Neste documentário, Harry faz um duro ataque aos tabloides britânicos, acusando-os de fazer uma campanha “implacável” contra Meghan. O príncipe falou sobre os processos judiciais que iniciou contra os donos do Sun e do Daily Mirror e reiterou que não vai deixar que a sua família seja alvo de “um jogo que matou a minha mãe”.

Meghan, por sua vez, também falou sobre a perseguição dos media, afirmando que, antes do casamento, foi avisada que os tabloides iam “destruir” a sua vida.

Quando conheci o meu marido, os meus amigos estavam felizes porque eu estava feliz. Mas os meus amigos britânicos diziam-me: ‘tenho a certeza que ele é ótimo, mas não o deves fazer porque os tabloides britânicos vão destruir a tua vida’”, sublinhou Meghan.

A Duquesa de Sussex contou ainda que foi difícil estar grávida e tornar-se mãe com tanta exposição pública.

Qualquer mulher, especialmente quando está grávida, se sente mais vulnerável e isso foi muito desafiante. E depois quando tens um bebé, é muita coisa.”

Questionada por Bradby sobre o impacto que isto teve na sua saúde física e mental, Meghan emocionou-se na entrevista.

Obrigada por perguntar. Não há muita gente que me pergunte se estou bem, mas é algo muito real isto que acontece atrás das câmaras."

E quando o jornalista lhe perguntou se isto queria dizer que não estava bem, que tem vivido uma “luta”, Meghan limitou-se a responder "sim".