"O Conselho de Governadores do BCE decidiu manter a provisão da linha de emergência de liquidez ('ELA', na sigla em inglês) para os bancos gregos no nível decidido a 26 de julho, depois de discutir uma proposta do Banco da Grécia", lê-se num comunicado publicado hoje pela instituição liderada por Mario Draghi.


 “A situação financeira da República Helénica tem um impacto nos bancos gregos, já que os colaterais que eles usam na ELA depende de forma significativa a ativos ligados ao Estado. Neste contexto, o Conselho de Governadores decidiu ajustar os “haircuts” nos colaterais aceites pelo Banco da Grécia para a ELA”.


bancos gregos vão continuar fechados




Se a Grécia não aceitar reformas "acabou"








Merkel e Hollande lembram que a Europa já foi "muito generosa"


declaração conjunta esta tarde


"Respeitamos voto dos gregos. A Europa é a democracia. Entendemos a mensagem de todos os partidos democráticos da Grécia e o povo, que reafirmou voluntariamente que quer que o país fique no euro. As portas estão abertas à discussão."


Sucessor de Varoufakis contra uma saída da Zona Euro  


será o sucessor de Yanis Varoufakis

contra uma eventual saída da Grécia



prestar ajuda ao governo grego

 “Estamos a monitorizar a situação de perto e estamos prontos para dar assistência à Grécia, se for solicitada".  


EUA apelam a consenso entre gregos e credores






“diferenças significativas” "desafio a resolver”

vai apresentar novas propostas



reunião extraordinária do Eurogrupo

 Veja também: dez momentos marcantes de Varoufakis