reunião do Eurogrupo desta tarde,





no acordo que na segunda-feira parecia estar próximona sua conta de Twitter.



não foram transmitidas ao Eurogrupo "divergências"

como tinha avançadoPedro Moreira.



"A delegação do governo grego veio para as negociações de hoje tendo por base as propostas que as instituições aceitaram na segunda-feira. As instituições, por sua vez, construíram uma nova proposta que transfere o fardo [da austeridade] para os trabalhadores e pensionistas, de uma forma que é socialmente injusta, ao mesmo tempo que sugerem medidas que evitem a subida do fardo daqueles que têm [para dar].
O lado grego não pode concordar com esta [mudança] de direção. As negociações vão continuar a todos os níveis", lê-se na declaração a que o "The Guardian" teve acesso.


O regresso do impasse nas negociações


governo grego não gostou das alterações



(Yanis Varoufakis e Christine Lagarde, Foto: Reuters)
Clique na imagem para conhecer as medidas rejeitadas pelo FMI


 dizendo aos jornalistas


“Ficarei bastante surpreendido pela positiva se conseguirmos um acordo hoje”, disse Alex Stubb.




conta de Twitterestou curioso como vai ficar a Zona Euro



Uma aposta claramente errada

“uma grande responsabilidade para com a população

“Conseguem imaginar uma economia que diminuiu 25% em alguns anos? É horrível. Temos de travar isto. Temos uma obrigação [de o fazer]”.


disse ser preciso continuar a trabalhar

Recorde todos os eventos que ocorreram ao longo do dia e foram seguidos AO MINUTO aqui na TVI24.