A polícia metropolitana de Londres está a tentar localizar uma mulher que, no fim de semana, abandonou um recém-nascido numa rua da capital britânica, num degrau de Sandringham Road, na zona de Hackney. 

Segundo o The Guardian, os agentes estão preocupados com o bem-estar da mãe da criança e divulgaram fotografias do bebé para encorajar a mulher a contactar as autoridades. O recém-nascido tinha cerca de 12 horas de vida quando foi encontrado, no passado sábado, por um carteiro, cerca das onze da manhã.

O bebé foi levado para o hospital e sujeito a exames, tendo vindo a confirmar-se que é uma criança saudável. Foi batizado de Edward pela equipa hospitalar que o assistiu.

A polícia acredita que Edward nasceu "fora de ambiente hospitalar" e quer localizar a mulher que o deu à luz, assegurando-lhe que não sofrerá qualquer represália e será auxiliada. Segundo as autoridades, o recém-nascido tinha sido alimentado, estava agasalhado e foi deixado numa área aberta para ser encontrado mais facilmente.

Os agentes estão a falar com sem-abrigo e a rever imagens de câmaras de vigilância na zona onde Edward foi deixado, ao mesmo tempo que há patrulhas a revistar a área.

O detetive Andy Barry, da polícia metropolitana de Londres, fez mesmo uma declaração dirindo-se à mãe do recém-nascido.

Estou a falar para a mãe do Edward. És a minha principal preocupação. Não sei as circunstâncias do nascimento dele, mas como pai percebo como a parentalidade pode ser assustadora. Posso oferecer ajuda. Fica com a garantia de que não terás problemas. O Edward está bem e em segurança e a tua saúde e bem-estar são a nossa prioridade", sublinhou.

Barry também pediu a quem possa conhecer a mãe do bebé que dê informações à polícia, mesmo anonimamente, solicitando também a ajuda de quem possa ter estado no local onde Edward foi deixado no passado sábado. "Se reparou em alguma coisa ou viu alguém, por favor, contacte-nos com urgência".