Um influencer passou cinco dias numa prisão egípcia depois de ter subido ao topo de uma das pirâmides de Gizé. O objetivo de Vitaly Zdorovetskiy, era conseguir doações para os incêndios na Austrália.

Foi através da sua conta oficial de Instagram, onde tem mais de três milhões de seguidores, que confirmou que foi detido. Vitaly (como é conhecido), partilhou uma fotografia sua no topo da pirâmide, onde dizia: “Não há palavras para explicar aquilo por que acabei de passar nos últimos cinco dias. Já estive na prisão muitas vezes, mas esta foi de longe a pior.”

Este homem, de dupla nacionalidade russa e americana, e que também é youtuber partilhou um vídeo onde aparece a trepar a pirâmide com a sua mensagem para “parar a guerra” e doar dinheiro para a Austrália. Quando voltou à base da pirâmide foi recebido pelas autoridades, sendo detido pouco depois.

Em novembro, o parlamento egípcio passou uma lei que proíbe a subida das históricas pirâmides.

Apesar da sua proeza ter captado a atenção de várias pessoas, o seu objetivo de angariar 500 mil dólares (cerca de 452 mil euros) até ao passado domingo, ficou-se apenas pelos 840 dólares (760 euros).