O ex-ministro da Defesa Juan Manuel Santos venceu a segunda volta das presidenciais de domingo na Colômbia, com 68,9 por cento dos votos, e já foi felicitado pelo adversário e pelo presidente cessante.

Segundo os resultados provisórios citados pela AFP, a abstenção foi superior a 55 por cento.

Juan Manuel Santos, do Partido Social de União Nacional, sucederá na presidência a Álvaro Uribe, do mesmo partido, que deixa o Governo a 7 de Agosto, depois de oito anos no poder.

Santos obteve mais de nove milhões de votos (69 por cento), enquanto o independente Antanas Mockus teve 3,5 milhões de votos (27,5 por cento).

No discurso da vitória, o ministro da Defesa de 2006 a 2009 prometeu ser firme contra os guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

«Exigimos desde já a libertação de todos os sequestrados. O tempo esgotou-se para as FARC. Os colombianos sabem muito bem que eu sei como combatê-las», disse.