A esquerda voltou ao poder na Roménia.O Partido Social-Democrata venceu as eleições legislativas, um ano depois de uma campanha anticorrupção levar ao afastamento do primeiro-ministro socialista, de acordo com o apuramento eleitoral divulgado esta segunda-feira.

As autoridades eleitorais dizem que, com 99% dos votos de domingo contabilizados, o Partido Social-Democrata liderou com 46%. Os Liberais, de centro direita, foram a segunda força mais votada, com 22%.

“Não deve haver qualquer dúvida sobre quem venceu as eleições. Os romenos querem sentir-se em casa no seu próprio país e eu quero que a Roménia seja um bom lar para todos os romenos”, disse o presidente dos Sociais-Democratas, Liviu Dragnea, no domingo, quando os primeiros resultados mostravam já uma vitória do partido que lidera.

A Roménia foi liderada no último ano por um governo tecnocrata, após a demissão do governo do PSD de Victor Ponta, alvo de uma investigação por corrupção.

Victor Ponta demitiu-se após protestos em massa, depois de um incêndio numa discoteca em outubro de 2015 ter causado 64 mortos.

O Partido Social-Democrata regressa agora ao poder com a promessa de aumentar os salários no setor público e de baixar os impostos.