O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, respondeu ao seu adversário nas eleições de novembro, Joe Biden, defendendo que as promessas que fez quando aceitou a nomeação dos democratas, na quinta-feira, não passam de "palavras".

"Em 47 anos, o Joe não fez nenhuma das coisas de que agora fala. Ele nunca vai mudar, [são] só palavras!", escreveu Trump na sua conta na rede social Twitter.

Biden aceitou durante esta madrugada a nomeação para candidato à presidência dos Estados Unidos, um momento que representa o culminar de uma carreira política com quase cinco décadas.

O ex-vice-presidente de Barack Obama prometeu virar a página do "medo" e comprometeu-se a ultrapassar os "tempos de escuridão" em que Donald Trump mergulhou os Estados Unidos.

Nas eleições presidenciais de 03 de novembro, Donald Trump enfrentará Joe Biden, que lidera as sondagens nas intenções de voto.

Os democratas confirmaram na terça-feira a nomeação de Biden como candidato contra Trump.

A seu lado estará a senadora da Califórnia Kamala Harris, terceira mulher a ser designada como candidata a vice-presidente nos Estados Unidos, depois da democrata Geraldine Ferraro, em 1984, e da republicana Sarah Palin, em 2008, que não foram eleitas.

A aceitação do antigo vice-presidente marcou o encerramento da Convenção Nacional Democrata, que decorreu de forma inteiramente virtual, durante quatro dias.

/ LF