O primeiro-ministro holandês vai apresentar a sua demissão esta tarde à rainha Beatriz. A notícia é avançada pela RTL holandesa.

A queda do governo de Haia surge em profunda crise política devido ao falhanço de sete semanas de negociações para a implementação de medidas de austeridade.

O défice holandês esta nesta altura acima dos 4,7%.

Tudo indica que o primeiro-ministro, Mark Rutte, decidiu abandonar o poder para que o plano fiscal da União Europeia para equilibrar as contas públicas seja aprovado.

Se as medidas não avançarem, a Holanda pode perder a avaliação máxima das agências de notação financeira.