O departamento de Justiça dos Estados Unidos da América apresentou, esta segunda-feira, uma queixa-crime contra a empresa chinesa Huawei. Em causa estão crimes como lavagem de dinheiro e fraude bancária.

Os EUA acusam ainda a Huawei de roubo de segredos comerciais e obstrução à justiça.

Richard Donoghue, procurador americano, afirma que durante mais de uma década a Huawei utilizou uma estratégia de mentiras e enganos para expandir os negócios.

O responsável garante ainda que a empresa tem dificultado as investigações e levado potenciais testemunhas de volta à China, evitando o decorrer do processo.

A gigante tecnológica já tinha sido acusada de roubar propriedade intelectual da empresa T-Mobile.

A Huawei é a maior fornecedora do mundo de equipamentos de rede usados por empresas de telecomunicações e Internet.

/ JFP