A Comissão Europeia propôs, esta segunda-feira, a reabertura da União Europeia a viajantes estrangeiros vacinados contra a covid-19 com uma vacina autorizada pelo regulador europeu ou oriundos de países com situações epidemiológicas favoráveis.

Atualmente, apenas cidadãos de sete países têm autorização para entrar na União Europeia para vir de férias ou por outros motivos considerados “não essenciais”. A proposta pretende expandir essa lista.

A Comissão Europeia propõe a entrada na UE por razões não essenciais, não apenas para todas as pessoas provenientes de países com uma boa situação epidemiológica, mas também para todas as pessoas que receberam a última dose recomendada de uma vacina autorizada pela União Europeia”, pode ler-se no comunicado.

O executivo sublinha ainda que este processo poderia ser estendido a vacina que tenham concluído o processo de listagem de uso de emergência da OMS. Além disso, a comissão propõe aumentar o limite do número de novos casos de covid-19 que um país pode ter para determinar a entrada na europa.

Para limitar o risco da importação de novas variantes da covid-19, a Comissão introduziu ainda um “travão de emergência” que permitirá a introdução de restrições de viagens rápidas para países onde a situação de saúde se deteriora acentuadamente.

Tal permitirá aos Estados-membros agir rapidamente e limitar temporariamente a um mínimo estrito todas as viagens a partir dos países afetados durante o tempo necessário para pôr em prática medidas sanitárias adequadas”, sustenta a Comissão Europeia.

Esta proposta deverá ser analisada pelos Estados-membros já na próxima quarta-feira, numa reunião dos embaixadores dos 27 junto da UE, atualmente sob presidência portuguesa.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.194.716 mortos no mundo, resultantes de mais de 152 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

João Guerreiro Rodrigues / com Lusa