A PriceWaterhouseCoopers (PwC) pediu desculpa pelo erro histórico na 89ª edição dos Óscares, com a troca de envelopes que fez com que, erradamente, o prémio de melhor filme fosse atribuído a La La Land. Só a meio dos discursos de vitória da equipa deste filme é que se percebeu que o vencedor era, afinal, Moonlight.

É a PwC a responsável, já há 83 anos, pela contagem dos votos que determinam os vencedores das estatuetas dos Óscares.

Sinceramente, pedimos desculpas ao Moonlight, La La Land, Warren Beatty, Faye Dunaway e aos Óscares pelo erro que foi feito durante o anúncio do prémio de Melhor Filme. Os apresentadores foram induzidos em erro com o envelope de categoria errado". 

Na nota patente no Twitter da empresa, faz-se notar que "quando foi descoberto", o erro "foi imediatamente corrigido".

Estamos atualmente a investigar como é que isto pode ter acontecido e lamentamos profundamente que tenha ocorrido".

Termina com uma mensagem positiva: "Apreciámos a graça com que os indicados, a Academia, ABC e Jimmy Kimmel lidaram com a situação".

Veja também:

Vanessa Cruz