Três astronautas da China, incluindo uma mulher, chegaram à estação espacial Tiangong para uma missão de seis meses, a mais longa até hoje do programa aeroespacial chinês, foi hoje anunciado.

Segundo a Agência Espacial de Missões Tripuladas da China, a nave Shenzhou-13, lançada às 00:23 de sábado, hora local (17:23 de sexta-feira em Lisboa), chegou à estação espacial Tiangong cerca de seis horas e meia depois, às 06:56 (quatro minutos antes da meia-noite, em Lisboa).

Os astronautas vão permanecer no espaço durante seis meses (o dobro dos colegas da tripulação anterior, que regressou à Terra no mês passado), para continuar a construir a estação espacial chinesa, que deverá estar operacional até final de 2022.

Completado aquele período, tornar-se-ão nos astronautas chineses que passaram mais tempo no espaço.

Os três "taikonautas”, como são conhecidos os astronautas chineses, são Zhai Zhigang, de 55 anos, Ye Guangfu, de 41 anos, e uma mulher, Wang Yaping, também de 41 anos.

Zhai viajou para o espaço em 2008 na nave Shenzhou-7 e Wang fez parte da tripulação da Shenzhou-10, em 2013.

Para Ye Guangfu, esta é a primeira viagem espacial.

Em conferência de imprensa, o vice-diretor da Agência Espacial das Missões Tripuladas da China, Lin Xiqian, apontou que as estadias de seis meses no espaço vão ser "comuns" em missões futuras.

Um dos objetivos desta missão é "testar" a capacidade dos astronautas e das instalações para estadias tão longas.

Lin explicou que a tripulação vai fazer "duas ou três" caminhadas no espaço, instalar um pequeno braço robótico e conduzir experiências científicas na ausência de gravidade.

A única mulher a bordo, Wang Yaping, anunciou, em conferência de imprensa, que vai dar aulas por vídeo, como fez na sua viagem espacial anterior, quando cerca de 60 milhões de estudantes chineses em escolas de todo o país viram as suas explicações científicas ao vivo.

Caso Wang conclua uma das caminhadas no espaço previstas na missão, tornar-se-á a primeira mulher chinesa a fazê-lo.

A Shenzhou-13 é a quarta nave a chegar à estação espacial Tiangong, e a segunda com tripulação, depois de uma missão igualmente com três astronautas que regressaram à Terra no mês passado, após três meses no espaço.

A estação espacial Tiangong ("Palácio celestial", em chinês) vai pesar cerca de 70 toneladas, após estar concluída, e deverá operar durante 15 anos, orbitando cerca de 400 quilómetros acima da superfície da Terra.

/ JGR