O Aeroporto da Corunha ativou esta sexta-feira o plano de emergência depois de ter registado uma "ameaça de bomba" durante um voo vindo de Bilbao. 

Agentes da Guardia Civil foram chamados ao local e encarregaram-se do desembarque dos passageiros para uma sala isolada, sem terem acesso a bagagem de mão. Após investigarem o interior da aeronave, os agentes não detetaram objetos suspeitos, estando agora a proceder à revista da cabine e do porão, avança a La Voz de Galicia.

El #Aeropuerto de #ACoruña ha activado su plan de emergencia por amenaza en el vuelo Bilbao-A Coruña operado por @volotea. El pasaje ha desembarcado y la aeronave se encuentra en un estacionamiento alejado.
 

➡️ El aeropuerto está operativo. pic.twitter.com/kH6RaNuKDB

 

— Aena (@aena) November 19, 2021

No avião, operado pela Volotea, viajavam 105 passageiros e seis tripulantes. Não há nenhuma vítima a registar. A aeronave tinha aterragem prevista para as 7:30 horas.

A ameaça de explosão proveio do serviço de emergência 112 de Bilbao. No local, está presente a Polícia Local, bombeiros e operacionais sanitários. Apesar do tumulto, o aeroporto continua operacional.