O trabalhador de uma empresa de gestão de resíduos de Almería, Espanha, filmou-se a atirar um frigorífico de uma ravina e colocou o vídeo nas redes sociais. Foi identificado e, segundo a imprensa espanhola, já foi despedido e vai ter de pagar uma multa de, no mínimo, 45 mil euros. 

Quando decidiu gravar-se  a atirar o frigorífico - enquanto gritava, ironicamente, "reciclando!" - o jovem deixou ver a cara e também a matrícula do automóvel em que se deslocava, pelo que as autoridades não tiveram qualquer dificuldade em chegar ao autor do crime ambiental.

Quando o identificaram, obrigaram-no a recuperar o eletrodoméstico, tendo retribuído a graça; filmaram o jovem no processo de ir buscar o frigorífico ao fundo da ravina e publicaram as imagens nas redes sociais. 

A Guardia Civil fez ainda uma inspeção à empresa onde o homem trabalhava, tendo concluído que, para além da insensatez do funcionário, havia regras que não estavam a ser cumpridas: 50 máquinas de lavar estavam armazenadas num pátio exterior de um armazém, ao lado de vegetação, e cerca de 20 frigorífcos estavam empilhados à espera de serem eliminados. 

O jovem, por sua vez, também já tinha feito com uma máquina de lavar roupa o mesmo que fez com o frigorífico. Se os crimes ficarem provados, a multa a pagar pelo infrator poderá ser mesmo superior a 45 mil euros.