O mau tempo provocou várias inundações em Madrid, Espanha, tendo obrigado ao corte de várias estradas, ao encerramento de seis linhas de metro e até ao desvio de voos do Aeroporto de Barajas.

De acordo com o El Mundo, as zonas mais afetadas foram Arganda del Rey, Valdemoro e Tielmes. Em pouco mais de meia hora caíram mais de 40 litros de água por metro quadrado.

Pedro Sánchez, atual primeiro-ministro de Espanha, através da rede social Twitter, manifestou solidariedade com aqueles que estão a sofrer com as consequência da tempestade e agradeceu ao serviços de emergência. 

A juntar à tromba de água, houve ainda registo de queda de granizo. Há registo de mais de 1400 chamadas de pedidos de ajuda. 

As chuvas fortes vão continuar e os serviços de emergência pedem aos cidadãos que sigam as medidas de precaução por eles indicadas.

Nas redes sociais circularam várias as imagens e vídeos de ruas transformadas em rios. É possível ver a força da água a arrastar carros e contentores do lixo. 

/ CE