O governo regional da Galiza anunciou esta quarta-feira que vai ser proibido fumar na via pública e em espaços ao ar livre caso o distanciamento social de dois metros não seja cumprido. A medida já foi publicada pela Xunta no Diario Oficial de Galicia, e entra em vigor esta quinta-feira.

Este anúncio surge na sequência do aumento de surtos de Covid-19 na região, tal como tem acontecido em toda a Espanha, o país europeu com mais casos de infeção pelo novo coronavírus.

Entre as razões para a aplicação da medida está relacionada com o provável aumento do risco de contrair a doença em fumadores, muito por causa de uma utilização deficiente da máscara, mas também pelo contacto repetitivo dos dedos com a boca.

O governo de Alberto Núñez Feijóo anunciou ainda a prorrogação, por mais uma semana, das restrições impostas aos espaços noturnos na localidade de La Mariña, em Lugo, depois de ter surgido um surto, entendendo as autoridades que ainda não há "normalização epidemiológica".

Dentro de sete dias haverá uma nova revisão das medidas.

A Galiza tem, segundo o último balanço das autoridades, 827 casos ativos, dos quais 35 estão hospitalizados. Desde o início da pandemia já morreram 622 pessoas na região.

O Ministério da Saúde espanhol registou esta terça-feira mais 3.632 casos de infeção pelo novo coronavírus, elevando o total de contágios para 326.612 desde o início da pandemia de Covid-19 no país.

António Guimarães