Os dois golos de Antoine Griezmann foram insuficientes para o Barcelona bater o Athetic Bilbao na final da Supertaça espanhola. No final da partida, o internacional francês criticou a falta de uma voz de comando a defender.

«Estamos f******. Temos todos os sentimentos maus que são possíveis. As equipas de Marcelino trabalharam muito bem e o Athletic dá tudo até ao final. Foi o que aconteceu hoje. É preciso trabalhar durante a semana. Defendemos mal e não falámos... Temos de trabalhar e melhorar. São pequenos detalhes que definem um jogo. Alguém tem de dar um grito», referiu, citado pela Marca, após o encontro.