Pep Guardiola só tem elogios para Lionel Messi. Não é novidade, mas numa entrevista à Cataluya Radio o treinador do Manchester City voltou a sublinhar a admiração pelo argentino.
 
«É impossível estar na cabeça dele. É um superdotado. É um dos melhores atletas de todos os tempos. A grande vantagem do Messi é que os outros dez sabem que ele está e que a qualquer momento pode mudar tudo. Ninguém faz o simples tão bem quanto ele. Ele torna as coisas fáceis. É um privilégio. Quando vejo o Barcelona, à distância, aquilo em que penso é que não quero que o Messi acabe.»
 
Por isso, compara-o a um dos seus ídolos: «Eu era um grande fã do Jordan e, ainda que tivesse de treinar no dia seguinte, levantava-me às quatro da manhã porque não podia deixar de o ver. Com este miúdo [Messi] é igual. Não podemos perder um jogo dele.»
 
Na mesma ocasião, e à conversa por causa do referendo da Catalunha, Guardiola falou do novo treinador do Barcelona, Ernesto Valverde: «Parece-me que escolheram muito bem. Agora é deixar que o seu trabalho fale. Acho que vai fazer tudo muito bem, ele é muito sensato. Já falámos. É um treinador muito próximo e que vai ganhar o balneário.»