Uma mulher morreu e um homem ficou gravemente ferido, depois de terem caído de uma arriba, que se desprendeu, em Palma de Maiorca, Espanha, na noite de segunda-feira.

A espanhola, de 24 anos, foi esmagada pela pedra com cerca de meia tonelada e teve morte imediata, mas o amigo, de 25, ficou com as pernas presas e, apesar da gravidade dos ferimentos sofridos, conseguiu pedir ajuda pelo telemóvel.

Segundo a Guardia Civil, os dois amigos estavam sentados numa zona rochosa de difícil acesso, cerca de um metro acima do nível do mar, numa praia no município de Calviá (Cala Vinyes), quando a rocha ter-se-á soltado, fazendo-os cair e desprendendo-se sobre eles.

A mulher, natural de Murcia, não resistiu aos ferimentos, enquanto o homem, oriundo de Badajoz, sofreu vários ferimentos, além do esmagamento das pernas.

Os dois eram empregados de verão num restaurante em Palmanova.

Os trabalhos de resgate complicaram-se devido à orografia da zona e ao tamanho da pedra que se desprendeu, tendo demorado perto de duas horas e mobilizado várias equipas de bombeiros.

O local encontra-se, agora, vedado ao público.

O jovem permanece internado em estado grave, com politraumatismos.

/ CM