Pedro Sánchez falhou a investidura à primeira votação, este domingo. Como era expectável, o líder do PSOE não conseguiu a maioria absoluta de votos necessária.

Este domingo, Sánchez reuniu 166 votos a favor, 165 contra e 18 abstenções. Sánchez precisava de 176 votos a favor.

Na segunda votação, marcada para terça-feira, Sánchez só precisa de um número de votos favoravéis superior ao número de votos contra. 

O debate de investidura do governo de coligação de esquerda liderado por Pedro Sánchez começou este sábado em Espanha.

Na sua intervenção no parlamento, no sábado, o socialista colocou o diálogo na Catalunha como uma “prioridade absoluta” para a legislatura, prometendo que não vai romper com a Constituição, nem dividir o país.

 
/ SS