A polícia espanhola está a investigar uma possível violação coletiva denunciada por uma rapariga de 20 anos, que, de acordo com o seu depoimento, terá ocorrido na noite de terça-feira no bairro de Patraix, em Valência.

A Polícia Nacional disse à agência Efe que, neste momento, ainda não tem mais informações, para além do que foi indicado pela jovem: por volta das 22 horas desse dia foi drogada e abusada sexualmente por vários indivíduos, aparentemente norte-africanos.

A jovem foi ajudada por uma mulher, mas o facto de estar atordoada quando tudo aconteceu dificulta o esclarecimento dos acontecimento. A rapariga foi transferida para o Hospital Clínico, onde os médicos confirmaram que estaria sob efeito de algum tipo de medicamento.

Segundo o jornal El Mundo, a investigação está a cargo da Unidade da Família e da Mulher (UFAM) da Polícia Nacional.

Maria João Caetano