Três pessoas, entre as quais um conhecido ator pornográfico espanhol, foram multadas por delito contra a saúde pública depois de terem organizado uma orgia com 50 pessoas em Madrid.

Segundo a agência Efe, a Polícia Nacional entrou na quarta-feira passada, pelas 19:30, num apartamento da rua de San Romualdo, na capital espanhola, depois de ter sido alertada pelos folhetos que circulavam a incentivar os madrilenos a participar no evento. Eram convidados a juntar-se a uma orgia, que seria filmada e cujas gravações teriam o título de "Delito contra saúde pública".

No local, os agentes encontraram cerca de 50 pessoas. Algumas chegaram mesmo a fugir perante a chegada das autoridades, que acabaram por expulsar todos quantos estavam na habitação. 

A polícia constatou ainda que nenhum dos três responsáveis pelas filmagens, entre os quais o ator e produtor de filmes pornográficos Ignacio Allende Fernández, conhecido como Torbe - que em 2016 já tinha estado detido por crimes relacionados com a divulgação de imagens pornográficas - tinha qualquer licença para a referida gravação. 

Os três, todos de nacionalidade espanhola, tinham 51, 45 e 24 anos. 

Recorde-se que Madrid está em estado de emergência por causa da pandemia da covid-19, sendo uma das regiões com maior incidência de contágios em Espanha.