Um prédio de sete andares colapsou no centro de Madrid e há dois operários que trabalhavam no local desaparecidos.

O prédio, no Passeio do General Martínez Campos, está em obras e parte dele colapsou, sem que se saiba ainda o motivo. No interior apenas estavam 15 trabalhadores da construção civil, que operavam no quinto andar, e dois deles estão ainda desaparecidos.

"Faltam duas pessoas", confirmou Javier Barbero, delegado municipal de Segurança, Saúde e Emergências.

Dos 13 que conseguiram sair, um deles foi transportado para o hospital com uma fratura no cotovelo.