Ernesto Valverde, treinador do Barcelona, fez a antevisão da partida com o Valência, mas acabou por falar maioritariamente sobre a eliminação inesperada nos quartos-de-final da Liga dos Campeões perante a Roma.

Valverde admite o momento difícil da equipa, mas acredita que os jogadores têm de se concentrar nos objetivos ainda a alcançar: «Vi bem como está a equipa, estamos num momento difícil. Era uma competição que sonhávamos vencer. Temos pena por nós próprios e pelos adeptos. Se continuarmos a pensar naquele jogo vamos perder outra vez. Há que pensar nos jogos que vêm, e conseguir os objetivos para o resto da temporada.»

«Na altura de analisar os jogos, cada um faz o que acha conveniente. Mas com uma derrota destas, há carta livre para se falar sobre tudo. Já sabia disso quando assinei pelo Barcelona. Demorámos muito até perder um jogo, nove meses mais ou menos. Agora chegou esse momento e temos de aguentar», continuou Valverde.

Questionado sobre os rumores que Piqué e Messi teriam pedido explicações ao treinador, Valverde negou prontamente: «Não pediram explicações nenhumas. Não posso falar sobre esse assunto porque nem sequer aconteceu. Estamos todos tristes, incluíndo o Messi, mas ele está com vontade de ver a bola rolar outra vez.»

Ainda assim, o técnico do Barcelona admite que tirou pontos benéficos da eliminação: «Apesar da derrota, levo muitas coisas positivas. Aprende-se sempre mais nas derrotas do que nas vitórias. Temos agora que ver a nossa capacidade de resposta. Estas derrotas são uma mina de ouro porque permitem analisar muitas coisas a melhorar.»

Valverde quer agora que a equipa se concentre na Liga, competição que o Barcelona se encontra na «pole-position» para levantar o troféu: «Faltam-nos 10 pontos para sermos campeões. Não podemos ficar a chorar num canto pelo que aconteceu. Temos é de pensar que queremos ganhar amanhã, e se o fizermos, já só faltam 7 pontos.»

O Barcelona, líder isolado da La Liga com 79 pontos, recebe o Valência, terceiro classificado com 65, às 15h15 deste sábado, em Camp Nou