Dezenas de animais morreram, na segunda-feira, num jardim zoológico de Essex, no Reino Unido, após uma falha elétrica ter provocado um incêndio.

Segundo o porta-voz do Serviço de Incêndios e Salvamento do Condado de Essex, os bombeiros foram chamados para combater o incêndio por volta da uma da manhã de segunda-feira. As três corporações de bombeiros que estiveram presentes no combate ao incêndio conseguiram salvar vários animais.

"Os bombeiros foram chamados a combater o incêndio durante as primeiras horas de segunda-feira. Infelizmente, vários animais morreram durante o incidente”, relataram os bombeiros na rede social Facebook.

O jardim zoológico de Essex recordou, nas redes sociais, os animais que morreram no incêndio. Várias catatuas, araras, papagaios, suricatas, tatus e gambás não sobreviveram a este incêndio devastador.

"No dia 5 de julho de 2021 sofremos um incêndio devastador nas nossas instalações, com ajuda dos bombeiros, de amigos e de familiares conseguimos salvar alguns animais, mas sofremos inúmeras perdas", escreveu o jardim zoológico numa publicação.

Noutra publicação, o jardim zoológico confirmou que o incêndio pode ter começado devido a uma falha elétrica num congelador.

"A investigação confirmou que o incêndio provavelmente começou com um congelador.  Tomámos todas as precauções para prevenir a ocorrência de incêndios/acidentes, mas não conseguimos evitar este incêndio".

Desde então, foi lançada uma angariação de fundos para ajudar os proprietários a conseguirem recuperar o negócio de resgate de animais. Até agora, a angariação de fundos atingiu 1225 libras (cerca de 1430 euros).

Redação / IC