A ativista dos direitos dos transexuais Monica Roberts morreu na terça-feira em Houston, nos Estados Unidos.

Num comunicado divulgado esta sexta-feira, a polícia de Houston refere que identificou o corpo de Monica Roberts, que tinha sido encontrado na terça-feira no parque de estacionamento de um complexo de apartamentos.

Segundo a polícia, a ativista morreu devido a “uma emergência médica” não especificada.

Nascida em Houston, Mónica Roberts lançou o ‘blog’ TrasGriot em 2006 como um fórum para pessoas negras transgénero, tendo-se tornado uma das primeiras plataformas a identificar vítimas de homicídio transexuais, usando a sua identidade e género.

“Cansei-me de as ver desrespeitadas na morte”, disse no ano passado, salientando que quando se confunde “deliberadamente uma vítima com um transexual”, está-se “a atrasar a justiça para essa pessoa transexual que foi assassinada”.

Monica Roberts foi ainda membro fundador da Nacional Transgender Advocacy Coalition.

/ RL