O corpo de um homem desaparecido há dez anos foi encontrado atrás das arcas frigoríficas da mercearia onde trabalhava, no estado norte-americano do Iowa. Segundo a CNN, a descoberta foi feita por funcionários da loja quando estavam a remover prateleiras e arcas frigoríficas.

Atrás de uma das arcas frigoríficas, os funcionários encontraram um corpo que as autoridades viriam a confirmar tratar-se de Larry Ely Murillo-Moncada, um antigo funcionário desaparecido em novembro de 2009.

A identidade do homem foi confirmada através de testes ao ADN dos pais. Foram eles que, há uma década, alertaram as autoridades para o desaparecimento do filho, que estaria a tomar medicação que provocava efeitos secundários, como comportamentos irracionais.

As autoridades acreditam que Larry Ely Murillo-Moncada ter-se-á dirigido ao seu local de trabalho, subido ao topo das arcas frigoríficas, caindo depois num espaço de cerca de 45 centímetros de largura entre as arcas e a parede. O ruído produzido pelos aparelhos poderá ter impedido que alguém ouvisse eventuais pedidos de socorro.

Depois de uma autópsia em que não foram identificados sinais de trauma, a investigação concluiu que esta foi uma morte acidental.