Donald Trump conseguiu os votos necessários do Colégio Eleitoral norte-americano esta segunda-feira. Com esta vitória, o milionário será o próximo presidente dos Estados Unidos.

De acordo com a CNN, o Colégio Eleitoral já atribuiu mais do que os 270 votos necessários para eleger Donald Trump como o próximo presidente norte-americano. Mike Pence, vice-presidente da administração Trump, congratulou o republicano no Twitter.

Trump foi o mais votado no Texas, mas os resultados oficiais só serão divulgados dia 6 de janeiro, durante uma sessão conjunta no Congresso.

O presidente eleito dos Estados Unidos reagiu no Twitter. O milionário agradeceu aos norte-americanos pelo apoio e voltou a lançar farpas aos órgãos de comunicação.

Em Washington, quatro eleitores optaram por outros candidatos em vez de apoiarem Hillary Clinton, como seria expectável. Três votam no ex-secretário de Estado Colin Powell e um votou por Faith Spotted Eagle, ativista envolvido na luta pelo gasoduto no North Dakota.

Quando os votos foram contados, a 8 de novembro, o presidente eleito ganhou por 306 votos, enquanto Clinton só conseguiu 232. Os resultados têm sido contestado uma vez que Hillary Clinton ganhou o voto popular por quase 3 milhões em todo o país.

Apesar dos protestos, o Colégio Eleitoral escolheu Trump e, com este resultado, esta é a primeira eleição presidencial dos EUA com mais de um "eleitor infiel" desde 1872.

Donald Trump toma posse no dia 20 de janeiro, altura em que todos os votos estão contabilizados e Barack Obama irá abandonar a Casa Branca.