O governador do estado norte-americano de Ohio, Mike DeWine, criou uma lotaria como forma de incentivar a vacinação contra a covid-19. Cada prémio terá o valor de 1 milhão de dólares (cerca de 827 mil euros) e o primeiro sorteado será divulgado já no próximo dia 26 de maio.

Os outros premiados - ao todo serão cinco - serão conhecidos nas semanas seguintes.

O sorteio incluirá todos os residentes, maiores de 18 anos, que já tenham sido vacinados, tendo de ter já, obrigatoriamente, pelo menos a primeira dose de uma vacina aprovada nos Estados Unidos.

Os nomes inseridos nesta "lotaria" serão retirados do banco de dados de registo dos eleitores do Estado e, caso não estejam lá, os cidadãos podem inscrever-se.

Segundo Mike DeWine, esta iniciativa será paga pelos fundos de ajuda ao combate ao coronavírus do governo Federal.

O governador do estado de Ohio admite que muitos podem achar a ideia "louca" e um "desperdício de dinheiro", mas que “o verdadeiro desperdício neste momento da pandemia, quando a vacina está disponível a todos, é a de perder uma vida pela covid-19”.

Redação