Há um novo relato de um crime de ódio contra asiáticos, nos Estados Unidos. Uma idosa de 76 anos foi agredida em São Francisco, na quarta-feira. A mulher alega que esperava para atravessar a rua, quando um homem de 39 anos a agrediu sem razão aparente.

Perante os murros de que estava a ser alvo, Xiao Zhen Zien muniu-se com um barrote de madeira e começou a investir contra o agressor.

O momento após o crime foi captado pela câmara de um  telemóvel. As imagens mostram a idosa a chorar com a cara ensanguentada e um olho negro. No vídeo, ouve-se Xiao Zhen Zien a perguntar: “Porque me bateste?”, em mandarim.

Já o agressor aparece numa maca, também ele com ferimentos visíveis. O homem terá sido detido por populares até à chegada das autoridades.

Xiao Zhen Zien já teve alta hospitalar e regressou a casa. A idosa continua com mazelas evidentes e diz que está “confusa, muito assustada e traumatizada”.

O neto da vítima criou uma angariação de fundos com o objetivo de financiar os tratamentos médicos. Soube-se ainda que Xiao Zhen Zien já sobreviveu a um cancro e tem diabetes há mais de uma década.

Entretanto, as imagens chegaram às redes sociais. Vários utilizadores criticaram a ocorrência de mais um crime de ódio. Mas, são vários os que elogia a bravura da idosa e deixam um aviso: “Não se metam com uma avozinha chinesa”.

De acordo com a imprensa norte-americana, só em São Francisco, os crimes de ódio registaram um aumento de 150%, no último ano.

Nuno Mandeiro