Os Estados Unidos oferecem um milhão de dólares de recompensa a quem der informações sobre o paradeiro de Hamza Bin Laden, um dos filhos de Osama Bin Laden. Os norte-americanos acreditam que Hamza é o “líder emergente” da Al-Qaeda, que está disposto a vingar a morte do pai.

Hamza é filho de Jairia Sabar, uma das mulheres que viveu com Osama no complexo de Abbottabad, onde o antigo líder radical foi abatido, em 2011.

O jovem, com cerca de 30 anos, terá vivido com a mãe durante muitos anos no Irão. Agora, suspeita-se que esteja algures na região da fronteira entre o Afeganistão e o Paquistão.

Os oficiais norte-americanos acreditam que Hamza quer vingar a morte do pai e oferecem um milhão de dólares por informações sobre o seu paradeiro.

O jovem é considerado o braço direito do atual líder da Al-Qaeda, Ayman al Zawahiri. E há dois anos foi oficialmente considerado pelos EUA como um terrorista global.

Nos últimos anos, têm surgido mensagens áudio e vídeo de Hamza a apelar aos seus seguidores para atacarem Washington s e os seus aliados.

Hamza casou no ano passado com a filha de Mohamed Atta, um dos jihadistas que levou a cabo os ataques do 11 de Setembro - Atta estava no voo 11 da American Airlines, o primeiro avião que chocou contra as torres do World Trade Center. Suspeita-se que foi o egípcio, que também tinha passaporte saudita, que liderou o atentado que fez quase 3.000 mortos.

Cartas de Osama Bin Laden encontradas no complexo de Abbottabad revelaram que o líder da Al-Qaeda tinha Hamza como o seu filho favorito e desejava que o jovem fosse o líder da organização após a sua morte.