Uma jovem de 22 anos morreu, este domingo, depois de uma queda de 30 metros no estado do Oregon, Estados Unidos. Michelle Casey caiu quando estava a apoiar-se para tirar uma fotografia à paisagem. A rapariga ainda foi levada para o hospital, mas acabou por falecer devido aos ferimentos.

A vítima sobreviveu à queda, tendo ficado presa numa árvore, o que a impediu de cair no Oceano Pacífico, segundo disse o namorado à polícia, mas as difíceis condições de salvamento acabaram por se revelar fatais. Os bombeiros demoraram quase duas horas a chegar a Michelle, que acabou por falecer das lesões já no hospital.

O relatório da polícia confirma que, apesar de estar inconsciente, a jovem ainda se encontrava viva quando foi resgatada. O alerta foi dado pelo namorado de Michelle às 10:16 horas. A polícia chegou ao local por volta das 10:51, praticamente ao mesmo tempo do helicóptero de salvamento.

As equipas de resgate tiveram que recorrer a cordas e arneses para conseguir tirar a jovem da árvore. Depois do demorado processo, Michelle foi transportada de helicóptero em direção ao hospital de Portland às 12:02.

Em declarações à CNN, familiares de Michelle disseram que a vítima tinha optado por doar os seus órgãos, o que acabou por salvar duas vidas. A rapariga era estudante universitária de cinesiologia. A comunidade universitária já lamentou a morte de Michelle.

A polícia do condado de Tillamook informou que participaram nas operações de resgate os bombeiros de Nehalem e também as patrulhas dos parques naturais que envolvem a zona.