O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, disse esperar retomar o diálogo com a Coreia do Norte nas "próximas semanas", após o fracasso da cimeira de Hanói, embora reconheça que não tem "qualquer compromisso" de Pyongyang.

Espero que possamos voltar ao trabalho e que consiga enviar uma equipa a Pyongyang nas próximas semanas, para continuar a identificar áreas de interesse comum", disse o chefe da diplomacia dos EUA, durante uma viagem ao estado norte-americano de Iowa.

Ainda assim, Pompeo reconheceu que não existe, ainda, "nenhum compromisso" da parte de Pyongyang.

A cimeira entre o Presidente norte-americano, Donald Trump e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, em Hanói, no Vietname, na semana passada, começou com sinais de harmonia, mas o entendimento esbarrou na questão da desnuclearização da península coreana, sem que houvesse possibilidade de um acordo.

Na segunda-feira, a Coreia do Sul propôs conversações com os dois países, com o objetivo de relançar o diálogo sobre a desnuclearização.

/ BM