A hipótese levantada pelo presidente Jair Bolsonaro de poder autorizar uma base militar norte-americana no Brasil já começou a criar mal-estar entre as forças armadas do país.

À agência de notícias Reuters, um oficial - sob anonimato, por não estar autorizado a falar sobre o assunto publicamente - fez saber que a hipótese não foi bem recebida pelas forças armadas do país.

Numa entrevista já depois de empossado como presidente, Bolsonaro admitiu estar disposto a permitir a instalação de uma base dos Estados Unidos no Brasil, como forma de combater a influência russa na Venezuela.

O militar ouvido pela Reuters assegurou que as forças armadas serão contra a instalação de uma base militar norte-americana e acrescentou que essa possibilidade apanhou os oficiais brasileiros de surpresa.

Este sábado, o Ministério brasileiro da Defesa disse não ter sido informado de qualquer proposta do presidente Jair Bolsonaro, tendente a a permitir a instalação de uma base norte-americana.

O presidente não discutiu isso com o ministro da Defesa", assegurou de forma lacónica a major e porta-voz Sylvia Martins.