Uma atriz e bailarina norte-americana provocou um grande susto num hospital de Michigan quando chegou às urgências com “feridas horríveis” na cara. Na verdade, estava maquilhada para um trabalho, mas a sofrer um ataque de pânico.

Já no hospital, as equipas médicas presumiram erradamente que era necessário tratamento para as feridas faciais.

Jai Fears, a paciente, foi reencaminhada para aquele hospital depois de ter sofrido um ataque de pânico enquanto fazia uma sessão fotográfica para uma marca de maquilhagem inserida numa campanha de Halloween, esclarece a Fox2.

Depois do ataque, foi rapidamente transportada ao hospital Beaumont Royal Oak, sem lhe ser retirada a maquilhagem, levando à conclusão errada dos médicos.

De acordo com Jai Fears, os médicos disseram, na admissão, que a mulher tinha de ser encaminhada para a unidade de traumas devido às “feridas horríveis” porque estava em choque e o que dizia não fazia sentido. A bailarina explicou, mais tarde, que não contou que era maquilhagem porque assumiu que os médicos iam perceber.

Eles têm de saber! Por isso não, não disse nada, porque simplesmente assumi que eles podiam ver que era tudo falso”, exclamou a Jai.

O porta-voz do hospital disse mais tarde em comunicado que “as urgências do hospital não são lugar para brincadeiras e jogos de diversão”.

Os médicos veem pacientes com problemas médicos severos onde as vidas estão em risco. Os médicos precisam de se focar nesses pacientes com verdadeiras urgências”, sublinhou o hospital.

Jai Fears teve alta no próprio dia e, mais tarde, partilhou no Facebook uma publicação afirmando que a ansiedade “não é uma brincadeira”.

Deixem-me, por favor, dizer que a ansiedade não é uma brincadeira nem uma piada. Foi uma situação séria que aconteceu numa ocasião estranha”, escreveu a atriz.

Jai Fears é uma atriz e bailarina profissional, que já atuou como artistas com Aretha Franklin e Charlie Wilson.