Um estudo realizado pela Global Drug Survey - um Centro de Investigação Independente - em Londres, e publicado esta quarta-feira, concluiu que os cogumelos mágicos são a droga recreativa mais segura.

No estudo divulgado esta quarta-feira, participaram 150 mil pessoas. Segundo o jornal The Independent, dos participantes, cerca de 12 mil ingeriram, em 2016, psolocybe semilanceata, uma espécie de cogumelos que contêm psilocibina, uma substância alucinogéna e, destas, apenas 2% precisou de recorrer a tratamento médico de emergência. Comparando, por exemplo, com cocaína, estes resultados são, segundo o mesmo estudo, cinco vezes inferiores.

Adam Winstock, fundador da Global Drug Survey e psiquiatra, afirmou que “os cogumelos mágicos são uma das drogas mais seguras do mundo". O médico explica que o principal risco, com os cogumelos,  tem a ver com a escolha dos mesmos.

Os cogumelos mágicos são ilegais no Reino Unido e o investigador, responsável pela pesquisa, alerta que estes não são inofensivos.

O que os pode tornar perigosos é “o uso combinado com álcool, em ambientes arriscados ou desconhecidos”. Isto aumenta o risco de perigo podendo provocar “lesões acidentais, pânico e confusão de curta duração, desorientação, temores e perca de memória”. Outros sintomas, que surgem depois do consumo desta droga, são dores de estômago e náuseas.

O site de aconselhamento sobre drogas Frank, explica que estes cogumelos podem também “distorcer cores, sons e objetos”.

Algumas pessoas podem sentir-se mais emocionalmente sensíveis, mais criativas ou sentir-se iluminadas. Eles também podem acelerar e retardar o tempo e o movimento. Eles podem fazer-te sentir que estás a sonhar, enquanto estás acordado”, pode ler-se no site.

Dos participantes do estudo, 81,7% afirmaram ter experimentado cogumelos mágicos para viver uma "experiência psicadélica moderada" e para sentir "melhoria das interações ambientais e sociais".

As drogas recreativas, nas quais os cogumelos estão incluídos, são drogas que tendo em conta o tipo, a quantidade e a qualidade influenciam a experiência. Na realidade, estes cogumelos podem ser usados para diminuir a ansiedade e a depressão, em ensaios clínicos.

De acordo com o estudo, uma das drogas mais perigosas é a cannabis sintética.