Haim Eshed, ex-chefe do departamento espacial do Ministério da Defesa do Governo de Israel, diz que existem extraterrestres e que Donald Trump sabe disso. Em entrevista ao jornal Yediot Aharonot, Eshed diz mesmo que há um acordo entre os alienígenas e os Estados Unidos para serem feitas experiências na Terra.

Há um acordo entre o Governo dos Estados Unidos e os alienígenas. Eles assinaram um contrato connosco para fazer experiências aqui”, garantiu.

De acordo com o mesmo antigo responsável do Ministério da Defesa israelita, Donald Trump esteve mesmo “prestes a revelar” tudo ao mundo, mas foi dissuadido, para não provocar “histeria em massa”, uma vez que a humanidade não estaria preparada para compreender tal informação.

Os Objetos Voadores Não Identificados pediram para não publicar que estão aqui, a humanidade ainda não está pronta", disse.

Eles [alienígenas] têm esperado até hoje que a humanidade se desenvolva e chegue a um estágio em que possamos entender, em geral, o que é espaço e nave espacial.”

Na mesma entrevista, Haim Eshed, de 87 anos e reformado do exército israelita, garantiu ainda que há o que ele chama de “federação galáctica”, mas não aprofunda a explicação do termo.

Eshed diz que o acordo dos extraterrestres com os Estados Unidos inclui uma "base subterrânea nas profundezas de Marte", onde estão astronautas norte-americanos e extraterrestres. Os alienígenas querem perceber a estrutura do Universo.

As ideias de Eshed estão detalhadas no livro "O Universo além do horizonte - conversas com o professor Haim Eshed", por Hagar Yanai, publicado em novembro.

Manuela Micael