NOTÍCIA ACTUALIZADA

A tomada de posse do presidente eleito dos EUA, Barack Obama, é já um dos acontecimentos mais esperados pelo público norte-americano. Os bilhetes para o acto de posse, com data marcada para 20 de Janeiro de 2009, encontram-se já a venda em sites de vendas de bilhetes por mais de 15 mil euros, noticia a CNN.

No entanto e apesar de cada bilhete para a cerimónia custar mais de 15 mil euros, as empresas online de vendas de bilhetes, não conseguem garantir a proximidade ao evento dentro do edifício do Capitólio. As vendas encontram-se também limitadas devido ao número de bilhetes impressos, que só se fica a conhecer uma semana antes da cerimónia.

Normalmente, a venda de bilhetes é apenas um dos sistemas usados por quem não têm a possibilidade de adquirir um convite através de um dos congressistas, senadores ou funcionários do Congresso.

A senadora Diane Feinstein, presidente do comité conjunto para as cerimónias inaugurais, já se manifestou contra a venda dos seus bilhetes por parte de alguns dos representantes do estado norte-americano.

A senadora afirmou ainda ter conhecimento de planos para a venda de bilhetes para a cerimónia, a mais de 40 mil euros, algo que na sua opinião é inconcebível. Na opinião da senadora Feinstein, o acto de venda de um bilhete para uma cerimónia de estado deve ser considerado crime e já reiterou na passada segunda-feira a sua vontade de endereçar uma queixa ao congresso norte-americano.

Todos aqueles que estejam interessados na compra de um dos 250 mil bilhetes para cerimónia podem sempre reservar o seu lugar através de http://inaugural.senate.gov

Hóteis caros

Sabe-se, também, que os cidadãos mais abastados terão de pagar em média 8.000 euros/noite por um quarto de cinco estrelas. «Será uma experiência única, como a passagem do ano de 1999 para 2000», disse Doug Camp, director de marketing de um hotel em Lafayette Square, frente à Casa Branca, informa a agência Lusa.

No Four Seasons de Georgetown, a suite real custa 12.000 euros/noite , tarifa extensível aos 221 quartos do hotel. No Hyatt Regency Hotel, em Capitol Hill, a preço por casal é de 20.000 euros/noite, com uma estada mínima de quarto dias, direito a mordomo, spa e limusina.

Para 20 de Janeiro, os hotéis já têm a lotação quase esgotada e quem não queira soltar os cordões à bolsa, para não passar as noites na rua sempre poderá pedir a um familiar, ou amigo, para lhe arranjar uma cama em casa, na cidade, ou nos subúrbios de Virgínia e Maryland.
Redação / AF