Os estados de Nova Iorque e Maryland anunciaram esta quinta-feira novos sorteios da lotaria para as pessoas que já receberam as vacinas contra a covid-19, seguindo assim o exemplo de Ohio que depois de implementar esta lotaria registou um aumento de 28% na vacinação. 

As lotarias fazem parte de uma série de incentivos introduzidos num esforço para combater a desaceleração das taxas de vacinação nos Estados Unidos.

Nova Iorque já tem 42% da população vacinada

Em Nova Iorque, qualquer adulto que for vacinado, de 24 a 28 de maio, em qualquer um dos dez centros administrados pelo estado, irá receber um bilhete da nova lotaria, anunciou o governador Andrew Cuomo. Os prémios vão de 20 dólares (16,4 euros) a 5 milhões de dólares (4,1 milhões de euros). 

O facto de o número de vacinações estar a diminuir é preocupante", disse Cuomo numa conferência de imprensa em Buffalo.

Atualmente, cerca de 42% da população total do estado de Nova Iorque, incluindo menores, está totalmente vacinada.

No entanto, nas últimas semanas, os números da vacinação diminuíram mais de 40%. O governador explica que os primeiros a serem vacinados foram aqueles que queriam mesmo receber a vacina e estavam ansiosos por isso, mas que agora é preciso um esforço para convencer os mais renitentes.

Maryland dá prémios todos os dias

O governador de Maryland, Larry Hogan, também apresentou a sua lotaria das vacinas, que terá 30 sorteios ao longo das próximas seis semanas. A lotaria de Maryland oferecerá um premio de 40 mil dólares (32,8 mil euros) por dia a um residente vacinado, selecionado por sorteio, entre 25 de maio e 3 de julho. Depois, a 4 de julho, será sorteado um prémio final de 400 mil dólares (328 mil euros).

É muito simples. Tudo o que precisa de fazer é vacinar-se contra a covid-19 aqui em Maryland, ser um residente de Maryland e ter 18 anos ou mais", disse Hogan. "Qualquer pessoa que já foi vacinada contra a covid-19 em Maryland também está habilitada para estes prémios e será automaticamente inscrita no sorteio."

Quanto mais cedo os residentes forem vacinados, mais sorteios se irão realizados, garantiu o governador. 

Ohio foi o primeiro a ter lotaria

As iniciativas de Maryland e Nova Iorque seguem o anúncio do governador de Ohio, Mike DeWine, de sorteios 1 milhão dólares (810 mil euros) cinco vezes por semana.

DeWine reconheceu que as pessoas podem achar a ideia um pouco incomum, mas defendeu sua decisão:

Eu sei que alguns podem dizer: 'DeWine está louco! Essa ideia é um desperdício de dinheiro'. Mas, na verdade, o verdadeiro desperdício neste ponto da pandemia - quando a vacina está disponível para qualquer pessoa que a deseje - é cada vida perdida para a covid-19.”

Dois dias depois, foram administradas mais 25.400 doses do que era habitual. E os números continuaram a subir. Em Ohio, a vacinação para maiores de 16 anos caiu cerca de 25% de 7 a 10 de maio, mas depois viu um aumento de 28% no fim de semana após o anúncio de DeWine.

Em todo o país, há uma série de incentivos à vacinação. Mais comedido, o estado de West Virginia oferece títulos de poupança de 100 dólares (82 euros) para pessoas de 16 a 35 anos. Escolas e empresas privadas também criaram seus próprios incentivos, que variam de um donut grátis para o crédito da mensalidade.

Maria João Caetano