Um homem com Covid-19 infetou 91 pessoas depois de ter entrado numa igreja sem máscara, em junho, informou o governador de Ohio.

“Espalhou-se como um incêndio. É muito, muito assustador”, disse Mike DeWine, na terça-feira.

“Sabemos que os nossos líderes da fé não querem mais nada do que proteger aqueles que vêm para o culto”, acrescentou.

DeWine exortou as pessoas que frequentam serviços religiosos a usar máscaras e ordenou o seu uso para pessoas a partir dos 10 anos.

Embora com algumas exceções, na quarta-feira o governador ordenou que as crianças usassem máscaras nas escolas.

Mike DeWine disse ainda que vai enviar cartas para igrejas, mesquitas e sinagogas com informações sobre cuidados básicos de saúde, de forma a impedir a propagação do novo coronavírus.

"É vital que, sempre que as pessoas se reúnem, todos usem máscaras, pratiquem o distanciamento social, lavem as mãos e, dentro de casa, garantam uma boa ventilação e fluxo de ar", referiu.

Até ao momento, mais de 96 mil pessoas em Ohio testaram positivo para o novo coronavírus.

Lara Ferin