Um menino com três anos de idade morreu este sábado, em Oklahoma, depois de ter sido vítima de um disparo acidental, informa a imprensa local. A bala disparada terá atingido a criança na cabeça, segundo informou a polícia.

O rapaz estava de visita a um familiar e encontrou a arma num quarto. Ao manuseá-la terá provocado o disparo e a consequente morte.

As autoridades informam que não foi levantado qualquer processo criminal.

Este é mais um caso que vem adensar a polémica sobre a política de armamento nos EUA, depois do recente massacre de sexta-feira ter causado 28 mortos, incluindo o atirador e mãe deste.
Redação / CLC