As temperaturas no Alasca, nos Estados Unidos, bateram recordes por causa das alterações climáticas.

De acordo com o Serviço de Metereologia Nacional, na quinta-feira os termómetros atingiram os 32 graus celsius em Anchorage, um recorde histórico no estado norte-americano.

A temperatura média nesta altura do ano é de 18,3 graus.

O recorde anterior tinha sido registado a 14 de junho de 1969, quando foram registados 29,4 graus no aeroporto da cidade.

Devido a estas temperaturas elevadas e às condições metereológicas extremamente secas, o fogo de artifício de 4 de julho foi cancelado, por causa do risco de incendios florestais.

Segundo os meteorologistas, as temperaturas excecionalmente quentes no alasca estão a ser causadas por uma vasta zona de alta pressão, que se encontra por cima do estado.