As autoridades norte-americanas elevaram na sexta-feira para 71 o número de mortos devido a um incêndio no norte do estado da Califórnia que devastou a vila de Paradise, onde arderam quase dez mil habitações. Outras três pessoas morreram noutro fogo que lavra no Sul do Estado, elevando para 74 o total do número de mortos. 

O xerife do condado de Butte, Korey Honea, informou ainda que as autoridades têm uma lista de mil pessoas desaparecidas.

O anterior balanço dava conta de 63 mortos e de 631 desaparecidos.

O incêndio praticamente devastou Paradise, vila de 27 mil habitantes, e destruiu parcialmente as localidades vizinhas de Magalia e Concow.

As chamas daquele que é o incêndio mais mortífero da história da Califórnia consumiram já 572 quilómetros quadrados.